Java EE

Soluções de cloud IaaS/PaaS

 

A dica de hoje são algumas empresa soluções em cloud IaaS/PaaS. Todas possuem vantagens e desvantagens em relação a preço e serviço prestado.

O Bluemix possui um conceito de PaaS (Product As A Service) onde ele minimiza os trabalhos de configurações e gerenciamento de instâncias tornando a vida do desenvolvedor muito mais fácil. Heroku, AWS e Digital Ocean são outras três empresas que se destacam no mercado.

Enfim, cabe você analisar e decidir qual a melhor solução para você e sua empresa.

Segue a lista:

IBM Bluemix: http://bluemix.net
AWS Amazon: http://aws.amazon.com
Digital Ocean: http://digitalocean.com
Linode: http://linode.com
Heroku: http://heroku.com
OpenShift: http://openshift.com

 


E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.
1 João 3:3

 

Anúncios

Testando webservices SOAP

Eu odeio soap e não nego, mas sempre surge aquela integração com sistema legado e chato que temos que realizar.

Uma grande ferramenta que eu uso no meu dia-a-dia é o http://wsdlbrowser.com/ onde é possível  testar as chamadas do serviços do webservice sem que eu tenha que por mãos no código.

2016-09-21_1557

Muito prática e útil. Para quem não conhecia, espero que eu tenha dado uma excelente dica.


No dia em que eu clamei, me escutaste; e alentaste com força a minha alma. Salmos 138:3

Feedback Leitura – Vaadin 7 Cookbook


O livro da vez é o Vaadin 7 Cookbook, não achei ele tããão didádico quando ao livro do Alejandro Duarte o qual li +/- um mês e meio atrás, porém ele abrange um pouco do back-end do Vaadin, como trabalhar com os Containers, Properties e Items corretamente, atrelando esses modelos dentro de componentes visuais, dicas de otimização, teste unitário e por ai vai.

Ao terminar de ler esse livro me senti satisfeito, pois agregou muito ao meu conhecimento sobre a plataforma, onde agora me sinto seguro para por a mão na massa, rodando uns exemplos e também preparar um curso parar propagar meu conhecimento com outras pessoas.


Mas tu és nosso Pai, ainda que Abraão não nos conhece, e Israel não nos reconhece; tu, ó Senhor, és nosso Pai; nosso Redentor desde a antiguidade é o teu nome.
Isaías 63:16

Início de leitura – JSF Eficaz

jsf-eficaz-featured_large

Nesse feriadão comecei a ler o livro do Hébert Coelho em paralelo ao que estou lendo sobre Vaadin 7, com o intuito de aprimorar algumas técnicas no desenvolvimento Java Web com JSF.

É um livro curto, porém com boas dicas que podem evitar problemas futuros caso você saia desenvolvendo sem devidas orientações.

Para quem tem interesse segue o link do livro: https://goo.gl/IAuHiQ


Ao que distribui mais se lhe acrescenta, e ao que retém mais do que é justo, é para a sua perda.
Provérbios 11:24

Início de Leitura – Vaadin 7 Cookbook

Essa semana comecei a ler mais um livro sobre Vaadin 7, dando sequencia a minha trilha de aprendizado sobre este framework. Como o primeiro livro aborda mais conceito de componentes, adquiri esse livro para complementar meu conhecimento com conceitos de backend, data models e afins, ao fim da leitura desse livro pretendo rodar um projeto de CRUD integrado com o JPA, colocando tudo que aprendi em prática.

Ao término da leitura deste livro, volto ao blog para postar o feedback.


Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens,
Colossenses 3:23

PrimeUI – PrimeFaces independente da tecnologia Server-Side

Muitos desenvolvedores Java Web conhecem o poderoso JSF e aliado ao JSF conseguimos construir interfaces ricas com seus múltiplos frameworks, um desses frameworks é o PrimeFaces.

Recentemente os criadores do PrimeFaces criaram o PrimeUI que é uma versão do PrimeFaces para ser usada puramente com CSS-JS. Ela é totalmente independente da tecnologia Server Side, ou seja podemos ligar ela com Java, PHP, Python e outras linguagens da vida.

O link para mais detalhes está logo abaixo:

http://primefaces.us8.list-manage.com/track/click?u=c6533c73c376179b71ce75776&id=71126a3431&e=b796030a20


Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Mateus 4:10

Criando um projeto JSF 2.2 com Maven (Eclipse)

Nesse tutorial, farei um passo a passo de como criar um projeto no Eclipse baseado em Maven com o JSF 2.2. configurado.

Criando e configurando

Estou utilizando o Eclipse Luna para realizar esse tutorial, que é a ultima versão. Selecione em seu Eclipse  New >  Maven Project
Marque a opção “Create a simple project (skip archetype selection)” e clique depois em Next.

Captura de Tela 2015-05-12 às 09.44.44

Nessa próxima etapa preencheremos os dados do projeto, Em packaging selecione war para utiliza-lo como projeto independente.

Captura de Tela 2015-05-12 às 09.45.41

Agora seu projeto foi criado. Porém ainda precisamos de várias configurações. Vamos configurar o projeto para usar o Java 1.8. Botão direito > Properties > Java Compiler e coloque “Compiler compliance level” para 1.8.

Captura de Tela 2015-05-12 às 09.53.43

No menu na esquerda selecione Project Facets, e marque as opções:

Dynamic Web Module version 3.0
Java version 1.8
– Javascript
JavaServer Faces version 2.2

Ou marque a opção JavaServer Faces v2.2 Project em Configuration.

Clique em “Ok” e quando pronto, o Eclipse vai fazer um rebuild no seu projeto.

 Adicionando JSF no pom.xml

<dependencies>
    <dependency>
        <groupId>com.sun.faces</groupId>
        <artifactId>jsf-api</artifactId>
        <version>2.2.2</version>
    </dependency>
    <dependency>
        <groupId>com.sun.faces</groupId>
        <artifactId>jsf-impl</artifactId>
        <version>2.2.2</version>
    </dependency>
    <dependency>
        <groupId>javax.servlet</groupId>
        <artifactId>javax.servlet-api</artifactId>
        <version>3.0.1</version>
    </dependency>
</dependencies>

 Configurando o web.xml


<welcome-file-list>
	<welcome-file>index.xhtml</welcome-file>
</welcome-file-list>
<servlet>
	<servlet-name>Faces Servlet</servlet-name>
	<servlet-class>
           javax.faces.webapp.FacesServlet
    </servlet-class>
    <load-on-startup>1</load-on-startup>
</servlet>
<servlet-mapping>
	<servlet-name>Faces Servlet</servlet-name>
	<url-pattern>*.xhtml</url-pattern>
</servlet-mapping>
<session-config>
	<session-timeout>30</session-timeout>
</session-config>

As tags <servlet> e <servlet-mapping> mapeia suas páginas .jsf para javax.faces.webapp.FacesServlet.

É ideal também configurar o parâmetro PROJECT_STAGE para Development, com isso você poderá ver warnings e/ou errors na tela.

<context-param>
    <param-name>javax.faces.PROJECT_STAGE</param-name>
    <param-value>Development</param-value>
</context-param>

Para finalizar dentro da pasta WebContent crie um arquivo index.xhtml com o código:

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8" ?>
<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-transitional.dtd">
<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"
	xmlns:h="http://java.sun.com/jsf/html"
	xmlns:f="http://java.sun.com/jsf/core">
<h:head>
	<meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=UTF-8" />
	<title>Hello JQM</title>
</h:head>
<h:body>
	<h3>Hello JQM</h3>
	<h:outputText value="Teste" />
   </h:body>
</html>

Basta rodar o projeto e Voilà!:

Captura de Tela 2015-05-19 às 17.01.41

 

Agora estamos prontos para construir uma app JSF 2.2. Em breve farei novos tutoriais no qual esse será útil.


Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.
Isaías 41:10